Mestre Rodolfo Dantas

Por Joseilton Gomes (Ikeda)

Na quarta-feira (27) ocorreu o último treino do ano de 2017, pelo projeto Semeando Campeões, ministério liderado pelo professor e mestre de Jiu-Jitsu Rodolfo Dantas, na Igreja Presbiteriana de Guarabira.

Ao longo de quase um ano, o projeto tem dado bons resultados – tanto na prática esportiva quanto na vida espiritual e pessoal dos participantes, que além de aprenderem técnicas marciais ainda ouvem uma breve reflexão bíblica.

Todos os participantes estão bastante empolgados com as atividades. Em 2018, com o projeto já estabelecido, os líderes esperam contar com mais participantes.

A gente foi ouvir alguns praticantes. Para Rodrigo Córdula, que participa do projeto desde o início e ajuda na condução do treino, o projeto é esplendido e familiar.

“É realmente muito louvável por parte do pastor Cláudio, do professor Rodolfo e dos demais líderes da Igreja Presbiteriana que se dispuseram a engajar esse projeto social visando propagar o evangelho de Cristo. Oro a Deus pela vida de todos que contribuíram direta ou indiretamente com esse projeto. Um trabalho como este, sem fins lucrativos, sendo exigido apenas a contribuição mensal de 1kg de alimento, é realmente esplendoroso, pois podemos ajudar a quem necessita como também a propagar a mensagem de Cristo. Somos gratos pelo professor Rodolfo que encabeçou esse projeto e disponibiliza do seu corrido tempo para nos ensinar. Na medida do possível faço também a minha contribuição, pois na ausência de Rodolfo fico com a responsabilidade de puxar o treino, como também de passar uma mensagem de reflexão baseada no Evangelho de Cristo. Por isso, digo que esse ministério é uma família de irmãos do tatame como também em Cristo, visando glorificar o santo nome do Senhor cada vez mais. Que continuemos fazendo tudo para glória de Deus”, declarou.

Já o jovem Samuel Soares destacou que no projeto Semeando Campeões ele tem aprendido a tratar melhor as pessoas e ser mais humilde. Em 2018 ele deseja crescer espiritualmente e na prática esportiva.

“De certa forma, no ministério, eu aprendi a tratar melhor os outros. Ser mais humilde. Tratar de um modo diferente as pessoas. Responder as pessoas como eu gostaria de ser respondido. Tratar as pessoas como eu gostaria de ser tratado. Exercer um mandamento de Cristo: “amar o teu próximo como a ti mesmo”. Amar o meu irmão, como ele me ama. Se eu não gostaria de ser respondido com arrogância, então por que eu vou responder com arrogância? Aprendi a ser mais compassivo com os outros. Pra mim, esse foi um ano muito oportuno e acredito que 2018 será um ano melhor. Quero crescer mais, espiritualmente; e dentro do esporte, dentro do Jiu-Jitsu”, disse.

O “Projeto Semeando Campeões” conta com participação de 25 atletas de várias idades. As aulas ocorrem nas segundas e quartas à noite; também aos sábados às 14h, gratuitamente. A intenção é, acima de tudo, apresentar Jesus através das Escrituras, e garantir uma vida mais saudável através do esporte. Qualquer pessoa pode participar. O projeto continua em 2018. Basta doar 1 Kg de alimento não perecível, como inscrição e mais um como mensalidade.